Leonardo Boff, o “TODO” e o Tatto

Por Valter Pomar. Eu defendo Tatto principalmente por três outros motivos: primeiro, por que acredito que ele, com uma linha política correta e com engajamento efetivo das lideranças (a começar por Lula e Haddad), ele pode crescer e muito; segundo porque é o crescimento de Tatto, e não sua retirada, que podem levar a esquerda ao segundo turno da capital; terceiro, porque não acredito que seja possível derrotar o bolsonarismo e as outras expressões da classe dominante, enfraquecendo o Partido dos Trabalhadores.

1 Comentário