Entrevista: Galo bom de briga

Paulo Galo, 31, fundador do Movimento Entregadores Antifascistas, rapper e morador da periferia paulistana, rapidamente destacou-se como liderança articulada e engajada que desafiou o poder das empresas de delivery, o governo, e os disseminados discursos de empreendedorismo. Nessa entrevista ele conta como os entregadores que trabalham com aplicativos resistem à precarização e geram novas formas de luta e repertórios de ação coletiva.

0 Comentários