Saiu o Jornal Página 13 de julho

Saiu o Jornal Página 13 de julho

Saiu o Jornal Página 13 de julho

Já está disponível o jornal  Página 13 de julho (aqui) , de edição número 244.  Nele, o leitor e a leitora poderão conferir editorial que trata de elementos da conjuntura e da violência política perpetrada pela extrema-direita e por setores do aparato de Estado. Sobre o mesmo tema, o jornal traz resolução da direção nacional da tendência petista Articulação de Esquerda (AE) tratando do assassinato do companheiro Marcelo Arrua e das medidas que o PT e a esquerda precisam adotar para proteger-se dessa violência. Página 13 também reproduz nota da presidência nacional do Partido sobre o episódio de Foz de Iguaçu.

Jornal Página 13 de julho também divulga nota da direção da AE de Campinas sobre a possibilidade de Jonas Donizete virar pré-candidato a vice-governador na chapa de Haddad.  A conjuntura política-eleitoral do Rio de Janeiro  e no Ceará são temas igualmente abordados, respectivamente, por Olavo Carneiro e por um manifesto assinado por conjunto de companheiros e companheiras . A cultura e o meio ambiente são pautas do jornal por meio de uma entrevista com a pré-candidata a deputada estadual, Jandyra Uehara, e de um artigo assinado por Rafael Tomyama.

Maria Caramez Carlotto apresenta sete ideias feministas para avançarmos em 2022. Por fim, José Burato aborda e analisa os significados da redução da letalidade da polícia militar de São Paulo entre os batalhões que passaram  a usar câmeras nas fardas dos(as) policiais.

BOA LEITURA!

Deixe um comentário