O que disse Alckmin sobre o PT, Lula e Haddad nas eleições de 2018

O que disse Alckmin sobre o PT, Lula e Haddad nas eleições de 2018

O que disse Alckmin sobre o PT, Lula e Haddad nas eleições de 2018

O que disse Alckmin sobre o PT, Lula e Haddad nas eleições de 2018

Por Página 13 (*)

Página 13 já publicou algumas matérias que revelam várias das facetas e posições políticas de Geraldo Alckmin, o “picolé de chuchu”.  Abordamos seu apoio engajado ao golpe de 2016, a sua manifestação criminosa quando do ataque a tiros à caravana de Lula, em 2018, a sua política privatista, o ataque que comandou à educação e aos serviços públicos em São Paulo, a política de repressão aos movimentos sociais, quando era governador, o seu antipetismo visceral, entre outros temas.  Os leitores podem conferir essas matérias e outros textos clicando aqui.

Mas o que Alckmin disse sobre o PT, Lula e Haddad nas eleições de 2018, ou seja, há menos de quatro anos? Daremos a oportunidade do próprio Picolé de Chuchu se manifestar por meio de postagens realizadas em sua conta à época em uma rede social; postagens que, aliás, continuam disponíveis ainda para quem queira conferir.

Veja algumas das opiniões expressas por Alckmin nas últimas eleições presidenciais:

 

 

(*) redacao@pagina13.org.br

Este post tem 3 comentários

  1. ETINA RAUBER

    Esse picolé de chuchu é o Temer (vampirão) 2.0. Se vier como vice do Lula, a tragédia será maior do que com a Dilma. Espero sinceramente que o PT não cometa mais essa tragédia, e chame alguém do movimentos sociais, o Requião, ou o Flavio Dino.

  2. romildojotanascimento@gmail.com

    Com certeza vó desastre será bem maior pra o país.
    E pra nosso próprio partido muita pessoa boa vai abandonar o barco.
    E aí com toda razão.
    Vai abalar profundamente nossas estruturas e a nossa credibilidade inclusive com nossos aliados internacionais, além de perder a confiança do nossos eleitores e o povo brasileiro.
    É entrega o galinheiro pra velha raposa.
    É o muito mais perigoso do que o Michel Temer, que aliás e seu aliado.
    Xô satanás.
    Vamos fugir dessa maracutaia.
    Não vamo repetir outra vez o Temer.
    Será uma falta de respeito e responsabilidade com aqueles e aquelas que enfrentaram chuva sol escaldante e tempestade, sendo hostilizados e atacados pelos nossos algozes em frente a cadeia da PF em Curitiba.
    E bom que tenham mais respeito por aquele bom dia e boa noite presidente Lula, durante todos dias que ele esteve enclausurado sem culpa

  3. Maria Laura Pessoa Queiroz

    Muito importante esse alerta,para todos ,nós, que já vimos que alianças dessa natureza não se sustenta só levará a conflitos graves, e uma destruição do partido.
    Temos políticos muito mais sérios e confiáveis,como Flávio Dino e Requiao.

Deixe um comentário