Opinião sobre o debate

Opinião sobre o debate

Opinião sobre o debate

Opinião sobre o debate

Por Valter Pomar (*)

Terminou o debate, começou o debate acerca do debate.

Há opiniões para todos os gostos. Eu tenho as minhas, que detalharei noutro momento, mas adianto que o eleitoralmente mais relevante é o seguinte:

1/ alguém que votava em Lula deixará de votar? Minha opinião é que não.

2/ alguém que votava em Bolsonaro deixará de votar? Minha opinião é que não.

Se isso for verdade, resta saber como o debate afetou as pessoas que no primeiro turno votaram em branco, nulo ou se abstiveram, ou votaram noutros partidos.

Minha opinião é que o debate “em si” não produzirá nenhuma alteração significativa.

Isto é bom?

Não, não é bom. Pois significa dizer que a situação continuará como antes, ou seja, uma lenta redução da diferença entre Lula e o cavernícola.

Moral da história: esqueçam da “bala de prata”, esqueçam do desempenho-maravilhoso-no-debate-que-vai-mudar-tudo. E esqueçam do Xandão!

Esta eleição será decidida por pouco. E a vitória será conquistada principalmente no corpo-a-corpo, pela militância, especialmente pela que veste vermelho.

Um último comentário: o melhor momento do debate, na minha opinião, foi quando Lula falou da classe trabalhadora que mora na favela. É está identidade que pode nos fazer triunfar.

(*) Valter Pomar é professor e membro do diretório nacional do PT

Deixe um comentário