Orientação Militante N°322 (06 de abril de 2022)

Orientação Militante N°322 (06 de abril de 2022)

Orientação Militante N°322 (06 de abril de 2022)

Boletim interno da Direção Nacional da
tendência petista Articulação de Esquerda
N° 322 (06 de abril de 2022)

1.REUNÃO PRESENCIAL DA DNAE

No dia 9 de abril, das 8h00 às 14h00, realizaremos uma reunião presencial da direção nacional da AE. Presenças confirmadas de Daniela Matos, Natália Sena, Jandyra Uehara (parcial), Patrick Araújo e Valter Pomar.

2.OBJETIVOS DA REUNIÃO DA DNAE

O objetivo central desta reunião é o planejamento organizativo, dando conta de dois momentos: i/o processo eleitoral (até o final de outubro) e ii/o pós-eleitoral (nos seus diferentes cenários). O procedimento será seguir ponto a ponto os itens da pauta e ao final consolidar tudo, com datas e responsáveis por tarefa. O ponto de partida de cada item é o responsável pela tarefa fazer uma fala inicial e depois travar o debate, com deliberações. Pedimos a cada dirigente apresentar antes, no grupo de zap da Dnae, um resumo por escrito do respectivo ponto. Dirigentes que não poderão estar presentes devem também mandar seus relatos e propostas por escrito.

3.PAUTA DA REUNIÃO DA DNAE

1/informe reunião da CEN e reunião do GTE

2/encontro extraordinário do PT

3/campanha presidencial e campanhas em geral

4/campanha no RS (especialmente governo)

5/campanha no ES (especialmente senado)

6/campanhas de reeleição das deputadas Bonavides, Iriny, Célio e Marcon

7/campanha das candidaturas federais e estaduais da AE

8/acompanhamento da bancada federal

9/situação e acompanhamento dos estados (inclusive viagens de dirigentes aos estados)

10/situação e acompanhamento de cada um dos setoriais da AE e do PT

11/situação e acompanhamento setorial sindical da AE e do PT

12/situação e acompanhamento setorial da juventude da AE e do PT

13/situação do movimento estudantil (Ubes, UNE, entidades estaduais e de base)

14/congresso da AE em maio de 2022 (inclusive proposta de recomposição da Dnae no congresso de maio de 2022)(atenção para regimento republicado neste OM)

15/formação jornada nacional

16/formação nos estados

17/outras iniciativas (Elahp, Primavera Petista)

18/comunicação podcast

19/comunicação antivírus

20/comunicação contramola

21/comunicação jornal p13

22/comunicação site

23/comunicação Orientação Militante

24/comunicação revista

25/comunicação livros (inclusive agenda 2023)

26/finanças

27/funcionamento e datas de reunião da Dnae (ver próximo item deste OM)

28/data tentativa para congresso da AE em 2023 (inclusive comemoração trinta anos da AE)

29/outros pontos a deliberar na reunião

-decisão sobre Censo 2022 da AE

-informe Valter sobre pedido de comissão de ética

-deliberação sobre Pontão (ver relatório)

-informe FPA

-discussão sobre situação Consulta, Levante, Disparada

4.CALENDÁRIO REUNIÕES DNAE 2022

24 de abril

22 de maio

26 de junho

31 de julho

28 de agosto

25 de setembro

23 de outubro

6 de novembro

27 de novembro

18 de dezembro

5.REGIMENTO SÉTIMO CONGRESSO DA AE

1.O sétimo congresso nacional da tendência petista AE vai ser realizado nos dias 27, 28 e 29 de maio de 2022.

2.A pauta do sétimo congresso será a seguinte: 1/análise da conjuntura e ações políticas e organizativas decorrentes; 2/eleição da direção nacional e conselho nacional de ética

3.O sétimo congresso será hibrido (presencial e virtual). A plenária presencial será em São Paulo capital. A transmissão será feita através de link divulgado oportunamente. Parte dos debates serão abertos ao público via redes sociais, parte será reservada aos congressitas.

4.O texto base do sétimo congresso será aprovado pela direção nacional da AE e divulgado até o dia 27 de abril. A proposta de nominata da nova direção nacional e do conselho de ética nacional será apresentada no início dos trabalhos do congresso.

5.Terão direito a voz e voto no sétimo congresso delegadas e delegados eleitos nos congressos de base (municipais e/ou regionais), na proporção de 1 delegado para cada 3 presentes, respeitando os mesmos critérios de paridade e frações do regimento do sexto congresso.

6.Os congressos de base podem ser presenciais ou virtuais e devem ser convocados pelas respectivas direções municipais (onde existirem) ou pela direção estadual e nacional. A convocatória deve ser feita com cópia para a direção estadual e/ou nacional.

7.Os congressos de base devem ser realizados entre o dia 28 de abril e o dia 26 de maio. A ata dos congressos deve ser enviada imediatamente para a direção estadual e nacional. As atas serão revisadas pela tesouraria nacional.

8.Terão direito a voz e voto nos congressos de base militantes da AE filiados na tendência até o dia 27 de abril de 2021 e que estejam em dia com as contribuições financeiras até o dia 27 de abril de 2022, conforme lista divulgada pela tesouraria nacional da AE.

9.Militantes filiados a AE depois de 27/4/2021 poderão votar e ser votados, mas seu voto na eleição da delegação nacional deve ser anotado a parte nas atas, só tendo efeito caso o congresso nacional homologue.

10.Em nenhum caso terá direito a voz e voto no congresso, em nenhum dos níveis, militantes inadimplentes. Lembramos aos militantes desempregados, sem fonte de renda ou enfrentando dificuldades extraordinárias que a tesouraria nacional está à disposição para buscar resolver todas as pendências.

11.Tendo em vista a possibilidade do PT convocar encontro de tática nacional ou atividade similar na data prevista para a realização do congresso, a DNAE fica autorizada a mudar a data da plenária final.

6.EXPEDIENTE

Orientação Militante é um boletim interno da Direção Nacional da tendência petista Articulação de Esquerda. Responsável: Valter Pomar. A direção da tendência é composta por: Mucio Magalhães (PE) acompanhamento do PI, PE, PB e SE; Valter Pomar (SP), coordenação geral, comunicação e acompanhamento das regiões Sudeste e Norte e do Maranhão; Damarci Olivi (MS), finanças; Daniela Matos (DF), formação, cultura, LGBT e acompanhamento do MT e GO; Natalia Sena (RN), acompanhamento da bancada parlamentar e dos Estados do RN, CE, BA e AL; Jandyra Uehara, sindical e acompanhamento dos setoriais de mulheres; Patrick (PE), acompanhamento da juventude, do setorial de combate ao racismo, do MS e DF; Júlio Quadros (RS), acompanhamento dos setoriais de moradia, rurais e da região Sul. Comissão de Ética: Jonatas Moreth(DF), titular; Sophia Mata (RN), titular; Izabel Costa (RJ), suplente; Pere Petit (PA), suplente.

 

Deixe um comentário