As boas-vindas ao Contarato

contarato

Por Bárbara Hora (*)

A filiação do senador Fabiano Contarato ao Partido dos Trabalhadores no Espírito Santo, nos enche de ânimo e esperança, pois enquanto senador, ele já mostrou sua competência e de que está ao lado dos trabalhadores e das trabalhadoras.

Contarato candidato ao governo do Espírito Santo é o que nós, militantes do PT, esperamos, é a luz no fim do túnel de um estado conservador e que há 20 anos vem se alternado entre Paulo Hartung e Casagrande, dois governos parecidos, com roupagens diferentes.

A Federação dos partidos, se houver da maneira como esta posta, coloca o PT no Espírito Santo, alinhado ao projeto de Renato Casagrande, que já se mostra defasado e de centro direita, com problemas adicionais.  Publicamente, o governador Casagrande já disse que não quer o PT, e o secretário da Casa Civil, Gilson Daniel, é responsável pelo programa de governo do juiz fake Sérgio Moro; e como o governo Casagrande é um “emaranhado” de interesses que abriga vários partidos, a possibilidade de palanque para o Lula é tão remota e inviável como o Rio Doce não estar poluído.

O PT CAPIXABA precisa avaliar e defender que não precisamos no momento atual da Federação, que além de causar um enfraquecimento organizativo do partido, terá um grande impacto político, mostrando incoerência com o que acreditamos para o Espírito Santo, que é um governo progressista, popular e de esquerda, com Contarato à frente.

“Me deixa” fazer campanha para governador do PT.

(*) Bárbara Hora é jornalista, militante do PT  em Guarapari e da direção estadual da tendência petista Articulação de Esquerda

Deixe um comentário