Balanço proporcionais – Natália Bonavides

Balanço proporcionais – Natália Bonavides

Balanço proporcionais – Natália Bonavides

Balanço proporcionais – Natália Bonavides

Por Natália Bonavides (*)

No Rio Grande do Norte obtivemos uma vitória eleitoral importante. A governadora Fátima Bezerra foi eleita no 1º turno e ampliamos as bancadas estadual e federal. No caso da minha candidatura, ampliamos a votação e atingimos 157.565 votos, reflexo de um trabalho político intenso de oposição à Bolsonaro e de parceira com a governadora Fátima Bezerra ao longo dos últimos 4 anos.

Com Lula, estamos no 2º turno. O fundamental a ser dito agora é que o momento político exige de nós esforço máximo de mobilização da campanha e uma linha política a altura do desafio. A eleição de 2022 é a eleição das nossas vidas! A gente tem falado muito isso e o resultado do primeiro turno mostra que essa não é uma afirmação da boca para fora. Uma eleição polarizada, dura, que antagonizou dois projetos de país muito distintos. Vencer esta eleição e fazer de Lula presidente do Brasil é questão de sobrevivência para a classe trabalhadora brasileira.

Para que isto se materialize, é fundamental que nos próximos dias atuemos em duas frentes principais. A primeira delas é intensificar a campanha e lutar para convencer quem ainda não se convenceu de votar, a votar em Lula no dia 30 de outubro. O papel dos indecisos e de quem não compareceu no 1º turno vai ser fundamental para o resultado final, e essa balança precisa seguir pendendo para o nosso lado. Saímos vitoriosos do 1º turno e esta vantagem deve ser, além de mantida, ampliada. A segunda frente de atuação é a batalha da comunicação, que engloba a batalha programática e ideológica, e que o lado de lá trava intensamente em defesa dos seus valores e projetos.

Nas próximas duas semanas devemos falar para o povo, seja no contato direto seja no programa de televisão e nas redes sociais, quais são as nossas propostas, de forma muito concreta, quais são as ações que faremos para que a vida melhore nos próximos anos. Não basta dizer que no nosso governo terá mais emprego, mais saúde, mais educação, nem basta apenas resgatar o que é o nosso legado. Tudo isso é importante, mas deve vir combinado com uma linha política que seja capaz de tocar corações e mentes, de emocionar e de convencer efetivamente a maioria do povo de que nós temos o projeto de país que vai, de forma muito concreta, transformar as suas vidas. É isso que estamos nos dedicando a fazer no Rio Grande do Norte, onde já conseguimos uma grande vitória no 1º turno. Ampliando a mobilização, com a governadora do estado coordenando a campanha de Lula, pretendemos aumentar a votação e contribuir para nossa vitória nacional no 2º turno.

Nós estamos do lado certo da história. Defendemos a vida das pessoas, lutamos por igualdade, por dignidade, somos ferrenhos em prol das liberdades democráticas e da soberania do país. Agora é a hora de cair ainda mais em campo em defesa das coisas mais belas que a humanidade tem a oferecer. Nosso time está vencendo e depende muito de nós consolidar essa vitória e fazer com que ela se materialize nas urnas no dia 30 de outubro.

É Lula! É Lula! É Lula!

(*) Natália Bonavides é deputada federal reeleita (PT RN, 2023/2026)

Deixe um comentário