Sem panos quentes e concessões aos criminosos políticos

Sem panos quentes e concessões aos criminosos políticos

Sem panos quentes e concessões aos criminosos políticos

Sem panos quentes e concessões aos criminosos políticos

Sem panos quentes e concessões aos criminosos políticos

Sem panos quentes e concessões aos criminosos políticos

Por Olívio Dutra (*)

21 anos de Ditadura sem nenhum processo, julgamento e punição de seus esbirros civis e militares, que, depois de um golpe parlamentar-jurídico-midiático contra a Presidente Dilma, passaram a ser elogiados por um Presidente administrativamente incompetente e politicamente neofascista, formaram o caldo de cultura onde foram se sevando as atitudes do banditismo político que se expressou hoje na Praça dos Três Poderes, em Brasilia, apadrinhado por parcela significativa e retrógrada da classe dominante brasileira.

O nazi-fascismo, que nos governos democráticos submergira assoriando as águas da Democracia, veio à tona, descarregando seu desprezo à Constituição, às leis, às Instituições, ao património público e ao Estado Democrático de Direito com vandalismo e violência.

O acontecido é grave! Mas assim como a Esperança venceu o ódio nas eleições esses arreganhos fascistas não impedirão o Presidente LULA, legitimamente eleito e seu governo, sem panos quentes e concessões aos criminosos políticos e seus patrocinadores que deverão pagar por seus atos segundo o rigor da Lei, de trabalhar com sensibilidade, firmeza e democracia participativa, em paz e harmonia,o desenvolvimento integrado e integrador do Brasil.”

(*) Olívio Dutra, militante petista, deputado constituinte (87/89), prefeito de POA (89/92), governador do RS (99/2002) e ministro das Cidades (2003/05).

Deixe um comentário

Sem panos quentes e concessões aos criminosos políticos